Voltar para a tela anterior.

Clubes de mães pedem o auxílio da Câmara contra ordem de desocupação


A vice-presidente do órgão foi à tribuna da Câmara, no início da sessão ordinária desta terça-feira


A Associação dos Clubes de Mães de Caxias do Sul esteve no Legislativo, durante a sessão ordinária desta terça-feira (25/09). A vice-presidente do órgão, Marlene Panazzolo, foi à tribuna, mediante cedência por acordo entre os líderes das bancadas partidárias da Casa. Ela pediu o apoio do Parlamento contra a ordem, expedida pela Prefeitura, para a desocupação da sede do Clube de Mães Santa Rita, no Bairro Desvio Rizzo.

Marlene falou sobre os 41 anos do órgão e a construção da atual sede, em terreno doado pelo Executivo, na gestão do ex-prefeito Mansueto de Castro Serafini Filho, para o Clube de Mães, e a construção do espaço, inaugurado em 1992. Mais de 20 integrantes do grupo estavam no plenário, bem como diversas lideranças comunitárias.

Segundo ela, o órgão foi surpreendido pelo pedido de retomada de um espaço que foi construído pela comunidade, e que sedia, em um dos seus pavimentos, uma escola de Educação Infantil, repassada ao poder público, para atender às crianças do bairro. Marlene ainda falou sobre a atuação social dos mais de 100 grupos associados ao clube. “Se disserem que um clube de mães não está envolvido com a comunidade é porque ninguém contatou essas mulheres”, completou.

Ao final de sua manifestação, Marlene citou as diversas atividades desses grupos, como a costura, o crochê e o tricô. “Temos o orgulho de dizer que muitas crianças carentes de Caxias do Sul foram vestidas com roupas produzidas pelos clubes de mães. Por isso, pedimos o apoio desta Casa, para que o Clube de Mães Santa Rita e os outros clubes possam permanecer nos seus espaços, porque ninguém invadiu”, reiterou.

25/09/2018 - 12:16
Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal de Caxias do Sul

Editor(a): Fábio Rausch - MTE 13.707
Redator(a): Felipe Michelon Padilha

Ir para o topo