Voltar para a tela anterior.

Denúncias sobre ameaças começam a ser analisadas pelo Ministério Público na segunda-feira 


Vereador Rafael Bueno fez representação ao MP sobre intimidações contra comunitarista. Promotora tem até 30 dias para se manifestar


A promotora Márcia Corso Ruaro, titular da 2ª Promotoria de Justiça Cível de Caxias do Sul, começa a analisar na segunda-feira (11) as ameaças sofridas por Marciano Correa da Silva, de 84 anos, líder comunitário do bairro Canyon. A representação ao Ministério Público (MP), feita pelo vereador Rafael Bueno/PDT na quarta-feira (6), atinge o vereador Chico Guerra/PRB e o prefeito Daniel Guerra/PRB, seu irmão. A Polícia Civil também está investigando o caso, a partir da ocorrência registrada por Marciano, que está há mais de 50 anos à frente da AMOB do Canyon. A promotora terá prazo de até 30 dias para se manifestar pelo arquivamento ou pela instauração de inquérito civil.

As denúncias surgiram a partir da divulgação de conversas gravadas entre Chico Guerra e o ex-titular da Coordenadoria de Relações Comunitárias da prefeitura, Rafael Bado. No áudio, o vereador menciona que deveria ser aplicado um “corretivo” em Marciano, presidente da Associação de Moradores do bairro Canyon. Na fala, o líder de governo Guerra no Legislativo critica as cobranças de Marciano e manda cortar ações da prefeitura no bairro como punição ao líder comunitário. Segundo ele menciona na gravação, o prefeito foi quem mandou agir dessa forma. Acompanhe parte da fala de Chico Guerra, dirigida a Rafael Bado:

“Eu acho que tem que ter um corretivo no Marciano, presidente do Canyon, tá? Ele tá em todas as sessões batendo que nem louco no governo. Então acho que, ou cortem qualquer benfeitoria, sei lá. Ele tem que sentir na pele que se ele fica contra o governo ele vai acabar se prejudicando. Alguma coisa tem que ser feita”, ameaça e intimida o vereador.

Além da apuração no MP e na Polícia Civil, Rafael Bueno e o presidente da UAB de Caxias do Sul, Valdir Walter, protocolaram as denúncias na Câmara de Vereadores, quinta-feira (7), contra Chico Guerra solicitando providências da Comissão de Ética, a qual ele integra.

08/06/2018 - 16:20
Gabinete do Vereador Rafael Bueno/PDT
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo