Voltar para a tela anterior.

Lideranças pró-segurança pública tratam sobre sistema prisional com prefeito Daniel Guerra


Comitiva formada por juízes, vereadora, empresários e voluntários busca ampliar participação da Prefeitura nas ações que visam, especialmente, oportunizar estudo e trabalho aos apenados


Uma comitiva que trabalha em prol da segurança pública de Caxias do Sul esteve reunida, na tarde da última sexta-feira (22), com o prefeito Daniel Guerra, no Centro Administrativo. Na pauta do encontro, proposto pelo Conselho da Comunidade de Caxias do Sul, a situação emergencial no sistema prisional sediado na Comarca de Caxias do Sul, que atende 10 cidades da região, onde as três casas prisionais existentes – Instituto Penal de Caxias do Sul (IPCS), Penitenciária Regional de Caxias do Sul (antiga Pics) e Penitenciária Estadual de Caxias do Sul (PECS) – encontram-se em estado de interdição ou semi-interdição pela superlotação, deficiências estruturais e baixo quadro de efetivos para gerenciar os serviços. Participaram do encontro o presidente do Conselho da Comunidade de Caxias do Sul, Jean Carbonera; a juíza da Vara de Execuções Criminais de Caxias do Sul, Milene Fróes Dal Bó; o juiz da 3ª Vara Criminal, Rudolf Carlos Reitz; a vereadora Paula Ioris/PSDB, presidente da Comissão Temporária Especial para o Enfrentamento da Violência da Câmara de Vereadores; o diretor de Desenvolvimento Sustentável da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul Jorge Benites e o representante do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon) de Caxias Valdemor Trentin.
 
O presidente do Conselho da Comunidade informou o prefeito a respeito do trabalho que foi feito ao longo do ano buscando verbas nas comarcas da região além de oportunidades de parceria com empresas para oportunizar trabalho aos apenados do sistema prisional. “Se o Estado não fizer a sua parte, o crime faz. Estamos unidos e buscando somar esforços para mudar a realidade carcerária na nossa cidade, oferecendo efetivas chances de ressocialização”, destacou Jean, que pediu ao prefeito a criação de vagas para apenados do regime aberto e semiaberto no serviço público, bem como ampliação de ações de assistência social para presos e seus familiares.
 
A presidente da Comissão Temporária Especial para o Enfrentamento da Violência trouxe as notícias de encontro com secretários estaduais, realizado na última quarta-feira (20), no Palácio Piratini. Segundo a vereadora Paula Ioris, a integração dos diversos segmentos foi elogiada pelo secretário estadual de Segurança Pública, Cezar Schirmer. “Vamos buscar uma sinergia de trabalho com o novo secretário municipal de Segurança para avançarmos em ações estratégicas, aproveitando a mobilização e participação que existe em prol dessa causa. Temos que ter a consciência de que a segurança pública é o principal clamor da sociedade e ela não pode ser vista como um problema só do governo do Estado. Só vamos resolver os problemas com o envolvimento e trabalho integrado das forças de segurança e das comunidades”, opinou. A tucana também pediu o empenho da prefeitura para auxiliar em tudo que for de competência do Município no projeto do novo presídio na cidade.
 
O prefeito está ciente da importância do sistema prisional e dos reflexos que o tema gera na segurança pública e colocou o governo à disposição para auxiliar dentro das possibilidades legais e dos recursos financeiros disponíveis. Guerra destacou que vai dar toda a agilidade possível nas questões de infraestrutura e licenciamentos que competem ao Município no projeto do novo presídio.

26/12/2017 - 15:40
Gabinete da vereadora Paula Ioris
As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo