Voltar para a tela anterior.

Projeto de Lei que incentiva uso de derivados de uva aguarda sanção


Iniciativa do vereador Alberto Meneguzzi foi aprovada por unanimidade no plenário da Câmara


O plenário da Câmara Municipal aprovou, na quinta-feira, 31 de agosto, o parecer de redação final do Projeto de Lei nº. 14/2017, de autoria do vereador Alberto Meneguzzi (PSB). Agora, a proposição aguarda para sanção do prefeito Daniel Guerra (PRB).

A matéria, que incentiva o Executivo, o Legislativo, as empresas controladas pelo poder público ou mesmo entidades civis que recebem recursos públicos, a utilizarem vinhos, sucos e derivados de uva produzidos em Caxias do Sul, nos eventos, feiras e festas oficiais foi aprovada por unanimidade na quinta-feira, 10 de agosto, com a presença de lideranças do setor vitivinícola de Caxias do Sul.

O PL visa o beneficiamento dos pequenos produtores além de dar visibilidade aos produtos caxienses, uma vez que são mais de 1.700 famílias que tiram o seu sustento da vitivinicultura. Juntas, elas produzem, em média, 70.000 toneladas da fruta, anualmente. Além disso, Caxias do Sul conta com 105 cantinas, sendo que 40 delas possuem engarrafamento da bebida.

“Nós precisamos valorizar os nossos produtos e dar o devido valor aos nossos sucos e vinhos. E podemos começar fazendo isso nas festas, feiras e eventos do poder público. Por que comprar de fora se temos aqui e de boa qualidade?”, argumenta Meneguzzi, que está confiante a publicação da proposição como Lei Municipal, através de sanção do chefe do Executivo.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Caxias do Sul (STR), a totalidade das empresas que produzem vinhos, sucos e derivados, no município, são de pequeno e médio porte. Meneguzzi acredita que o Projeto será bem aceito, uma vez que pensa em gerar receitas para a economia caxiense. “Todo o vinho e suco de uva aqui produzidos, geram impostos que se transformam em investimentos que beneficiam a população”, comenta.

O projeto original é de autoria do ex-vereador Raimundo Bampi, também do PSB, que foi arquivado pela antiga legislatura. Desta vez, o PL teve a sua redação atualizada.

 

 

01/09/2017 - 17:00
Gabinete do Vereador Alberto Meneguzzi/PSB
As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.

Ir para o topo