Rafael Bueno denuncia que alunos de Galópolis terão que estudar em capela funerária

Parlamentar classificou de falta de respeito encaminhamento do município e pede providências

O vereador Rafael Bueno/PDT denunciou, no plenário do Legislativo, que alunos da Escola Professora Arlinda Lauer Manfro, em São João da 4ª Légua, Galópolis, estão passando por uma situação constrangedora por terem sido encaminhados para estudar em uma capela funerária, porque o piso da escola está cedendo. A informação chegou ao vereador na manhã desta terça-feira (4), por meio da reportagem da Tua Rádio São Francisco.

"O receio da comunidade é de alguém morrer e ser velado na capela enquanto as crianças estejam estudando. Essa escola de madeira está com o piso do 4º e 5º anos prejudicado devido ao longo período sem manutenção e obras", comentou Bueno, ressaltando que os pais estão preocupados com a transferência dos alunos e temem que a capela seja usada para eventual velório enquanto as crianças estudam.

Segundo Bueno, isso aqui é uma falta de respeito com as crianças e com os professores. "E isso que prometeu (prefeito Daniel Guerra) escolas verticais. Como?", indagou o pedetista.

04/06/2019 - 16:59
Assessoria do Gabinete do Vereador Rafael Bueno/PDT
Câmara Municipal de Caxias do Sul

As matérias publicadas neste espaço são de total responsabilidade dos gabinetes dos vereadores.
Rafael Bueno expôs a preocupação dos pais dos estudantes

Rafael Bueno expôs a preocupação dos pais dos estudantes

Crédito: Gabriela Bento Alves